GDCSG


 


Grupo Danças e Cantares Serra da Gravia

O Grupo de Danças e Cantares da Serra da Gravia, de Valadares S. Pedro do Sul, foi fundado em 1981 e é membro efetivo da Federação do Folclore Português, desde Abril de 1987.

A região donde provêm localiza-se entre as Serras da Gralheira e do Caramulo, na Zona de Lafões, transição com a zona Aveirense.

A pesquisa deste Grupo situa-se nos finais do Séc.XIX, princípios do Séc.XX, obedecendo os trajes, as danças e os cantares a reconstituições e recolhas feitas exclusivamente na freguesia de Valadares.

O povo desta terra tem tradições de romarias: Rainha Santa de Arouca; Senhora da Saúde de Castelões - Vale de Cambra; Senhor da Pedra em Miramar - Vila Nova de Gaia e Espirito Santo e Santa Combinha em Cambra - Vouzela. Por isso o folclore que representa reflete as influências dessas Regiões como viras e modas de unha.

Uma parte as danças deste Grupo são danças de romaria. Eram aprendidas nas grandes romarias atrás referidas, consumindo-se nalgumas delas vários dias de caminho, pernoitando as pessoas em diferentes locais.

Aí nos serões, dançavam e cantavam, com outros romeiros e com os naturais.

Posteriormente essas danças e esses cantares foram trazidos para todos os momentos de festa e alegria, inclusive durante e depois dos trabalhos agrícolas: esfolhadelas, fiadelas do linho, vindimas, pisadelas das uvas e tantos outros.

Este grupo para além de ter levado já os seus cantares, danças e trajes por toda a região de Lafões, donde provêm, fê-lo também noutras localidades do país, participando em vários festivais de folclore nacionais e internacionais, incluindo o festival de folclore do Algarve e participação de festivais na Região Autónoma dos Açores, mais propriamente nas Ilhas de São Miguel, Pico e Faial, bem como, encontros de cantares de janeiras.

Além das atuações no nosso país o grupo já levou as nossas danças e cantares a Espanha, e por duas vezes a França, onde participou nos festivais de folclore de Bourg-La-Reine, de Veneux-Les-Semblons e de Sévres, tendo ainda participado na festa da Rádio "Alfa" em Paris.

Para além da participação em vários festivais e festas, este Grupo também participou e organizou no encontro dos "Valadares de Portugal e da Galiza" nomeadamente em Valadares de Gaia, Valadares de Baião e Valadares da Galiza.

O Grupo participou ainda na 1ª e 2ª mostra de trajes tradicionais de Arouca e de Arcozelo em Vila Nova de Gaia na feira de artesanato realizada também nesta última Vila.

Tem participado ainda em programas de Animação Termal em algumas Termas do país e animou inúmeras festas e romarias, sobretudo a nível regional.

Organizou também uma exposição subordinada ao tema "Valadares Antigo".

O Grupo desenvolve o seu trabalho em três áreas fundamentais:

Este trabalho visa em última análise, a busca da sua identidade, como povo de uma freguesia de que há história há mais de 850 anos.

 

ASSOCIATIVISMO